Cronologia da imprensa do Brasil

1° de junho de 1808
Hipólito José da Costa lança, em Londres, o Correio Braziliense, considerado o primeiro jornal brasileiro.

Página inicial do Correio Braziliense, o primeiro jornal brasileiro

1822
Depois de 175 edições, deixa de circular o Correio Braziliense.

4 de janeiro de 1875
Em São Paulo, é lançado o jornal A Província de São Paulo.

1º de janeiro de 1890
Com a Proclamação da República, o jornal A Província de São Paulo passa a se chamar O Estado de São Paulo.


Logotipo do jornal O Estado de São Paulo (2017) 

9 de abril de 1891
No Rio de Janeiro, é lançado o Jornal do Brazil.

 Capa da primeira edição do Jornal do Brasil

3 de abril de 1920
É lançado o jornal de economia Gazeta Mercantil, em São Paulo.

19 de fevereiro de 1921
Em São Paulo, Olival Costa e Pedro Cunha fundam o jornal Folha da Noite, que, no futuro, dará origem a Folha de São Paulo. 

Capa da primeira edição do jornal Folha da Noite

30 de outubro de 1924
No Rio de Janeiro, Assis Chateaubriand assume o controle de O Jornal, base dos Diários e Emissoras Associados, principal conglomerado brasileiro de comunicação da primeira metade do século 20.

Assis Chateaubriand, uma das principais figuras do Jornalismo no Brasil 

Julho de 1925
Em São Paulo, é lançado o jornal Folha da Manhã, matutino ligado à Folha da Noite.

29 de julho de 1925
No Rio de Janeiro, é lançado o jornal O Globo.

Capa da primeira edição do jornal O Globo, do Rio de Janeiro

10 de novembro de 1928
No Rio de Janeiro, é lançada a revista O Cruzeiro. A publicação vai se transformar em um dos carros-chefes dos Diários e Emissoras Associados, de Assis Chateaubriand.

Capa da primeira edição da revista O Cruzeiro, ainda sem o “O”

8 de maio de 1931
Roberto Marinho assume a direção do jornal O Globo.

Roberto Marinho, ao telefone, na sede de O Globo (1935)

1950
Em São Paulo, é lançado a Folha da Tarde, ligado ao jornal Folha de São Paulo.

12 de junho de 1951
No Rio de Janeiro, é lançado o jornal Última Hora, de Samuel Wainer, base de uma rede de diários com edições próprias em outras capitais brasileiras.

Samuel Wainer acompanha a impressão do primeiro número da Última Hora

26 de abril de 1952
No Rio de Janeiro, é lançada a revista Manchete, de Adolpho Bloch, que vai se tornar a principal concorrente de O Cruzeiro.

Capa da primeira edição da revista Manchete, principal concorrente de O Cruzeiro

25 de julho de 1952
No Rio de Janeiro, é lançada a revista Visão.

Capa da primeira edição da revista Visão, do Rio de Janeiro

Março de 1959
No Rio de Janeiro, é lançada a revista Senhor.

Capa da primeira edição da revista Senhor, do Rio de Janeiro

1º de janeiro de 1960
Em São Paulo, Folha da Manhã, Folha da Tarde e Folha da Noite fundem-se, dando origem ao jornal Folha de São Paulo.

Capa da primeira edição do jornal Folha de São Paulo

1962
Octavio Frias de Oliveira e Carlos Caldeira Filho assumem o controle da Folha de São Paulo

4 de janeiro de 1966
Em São Paulo, é lançado o Jornal da Tarde, vespertino ligado a O Estado de São Paulo. É uma das primeiras publicações brasileiras a apostar no chamando Novo Jornalismo, aproximação com a literatura voltada a recuperar a arte de contar boas histórias.

Capa da primeira edição do Jornal da Tarde

Abril de 1966
Em São Paulo, é lançada a revista Realidade, da Editora Abril, marco do Novo Jornalismo no Brasil.

Capa da primeira edição da revista Realidade, da Editora Abril

11 de setembro de 1968
Em São Paulo, é lançada a revista Veja, da Editora Abril.

Capa da primeira edição da revista Veja

Julho de 1975
Deixa de circular a revista O Cruzeiro.

1976
Deixa de circular a revista Realidade

1976
Em São Paulo, é lançada a revista IstoÉ. 

Capa da primeira edição da revista IstoÉ

1993
Deixa de circular a revista Visão

1994
Em São Paulo, é lançada a revista CartaCapital, dirigida pelo jornalista Mino Carta.

Capa da primeira edição da revista CartaCapital

25 de maio de 1998
Em São Paulo, é lançada a revista Época, da Editora Globo.

Capa da primeira edição da revista Época

2 de maio de 2000
É lançado o jornal Valor Econômico, em São Paulo.

26 de julho de 2000
Deixa de circular a revista Manchete.

29 de maio de 2009
Circula a última edição do jornal de economia Gazeta Mercantil.

1º de setembro de 2010
No Rio de Janeiro, o Jornal do Brasil anuncia o fim das edições impressas e a sua migração para o on-line.

Nenhum comentário:

Postar um comentário