A Rádio da Universidade
2019
Luiz Artur Ferraretto

Prédio da Rádio da Universidade
Fonte: Acervo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul é a pioneira em rádio sem fins comerciais nas instituições de ensino superior brasileiras. Conhecida por veicular música erudita, a Rádio da Universidade opera em 1.080 kHz, aguardando a migração para a frequência modulada. Tem seu lado tradicional com um pé, portanto, na modernidade. Por exemplo, convertido em podcast, um de seus programas, o Fronteiras da Ciência, alcança considerável impacto na podosfera brasileira.

A ideia inicial da emissora surgiu por volta de 1948, mas demoraria quase uma década para se consolidar. Um professor de Engenharia queria demonstrar aos seus alunos os princípios básicos envolvidos na construção de transmissores e na irradiação propriamente dita. Antônio Alberto Goetze empenha-se, então, para concretizar este objetivo.

No dia 1º de julho de 1950, a reitoria da universidade obtém uma autorização para operar uma estação voltada à transmissão educativa. Poderia irradiar em ondas curtas os dados de seu observatório astronômico, palestras e ensinamentos. Estavam proibidas, no entanto, emissões de caráter recreativo, incluindo-se qualquer tipo de programação musical, o que acabaria acarretando problemas no futuro. Janeiro de 1951 marca o início do primeiro período de transmissões da emissora.

Em dezembro de 1953, de forma quase traumática, a Rádio da Universidade ganha uma de suas características principais: a difusão de música erudita. No início do mês, o maestro e professor Armando Albuquerque adquire um piano e começa a executar peças musicais ao microfone. Como consequência do descumprimento da portaria que autorizava as operações da estação, as autoridades retiram do ar a rádio  no último dia de 1953.

Algumas semanas depois, o reitor Elyseu Paglioli vai ao Rio de Janeiro e obtém do presidente Getúlio Vargas a garantia de uma outorga em ondas médias. Assim, no dia 18 de novembro de 1957, às 20h, entrava no ar em caráter definitivo a Rádio da Universidade, transmitindo na frequência de 1.080 kHz e utilizando inicialmente o prefixo ZYU-67.

Nenhum comentário:

Postar um comentário