Um pouco de tudo
Todo bom radialista tem alguma história –  ou, na maioria das vezes, estória – para contar. São causos que vão surgindo em conversas, geralmente entre um trabalho e outro. Acabam construindo, desta maneira, uma espécie de trajetória cotidiana de erros e acertos. Babadas, curiosidades e impressões dão a tônica deste canto atemporal do blog.  

O rádio de Porto Alegre em versão bico de pena
Collor, Lula, FHC: nos jingles, as esperanças da redemocratização
O bordão nosso de cada dia
O bordão dos cronistas esportivos
Os operadores de rádio do Rio Grande do Sul
Coisas do rádio de outros tempos
A Feira do Livro, os escritores e o rádio
Manuais de redação e produção: algo esquecido nas rádios
“De Washington, Luiz Amaral”
Rochinha e o trabalho em equipe
O Celso e o trabalho em equipe
O rádio para as Alemanhas e as Itálias do interior gaúcho

Nenhum comentário:

Postar um comentário